IMPORTÂNCIA DA GESTÃO PROFISSIONAL NA SUA EMPRESA

20/11/2020 14:19
IMPORTÂNCIA DA GESTÃO PROFISSIONAL NA SUA EMPRESA
O sucesso de um empreendimento está diretamente relacionado com uma boa gestão e um time bem preparado para exercer suas atividades e criar mais alternativas de negócios. Não por acaso, o treinamento e desenvolvimento de pessoas é o caminho ideal para que as organizações consigam ultrapassar os obstáculos e alcançar os objetivos traçados.
De outro modo, profissionais sem preparo não são capazes de oferecer as competências necessárias para o bom desempenho e crescimento das corporações. A falta de capacitação gera altos custos com falhas e repetição de processos, o que resulta na insatisfação de clientes.
Em razão disso, o treinamento é a ferramenta mais adequada para o desenvolvimento de habilidades e competências nos colaboradores, tornando-os mais produtivos, criativos e inovadores, a fim de que contribuam para que as companhias se tornem cada vez mais competitivas.
Foco no crescimento da pessoa por meio do CHA: Conhecimento, Habilidade e Atitude
CHA não é atendido de forma sistêmica
Ação continuada de aperfeiçoamento do CHA
Aprendizagem passiva, na qual o trabalhador recebe o conhecimento pronto para assimilação
Aprendizagem ativa, na qual o trabalhador é protagonista do seu desenvolvimento
As instruções devem ser colocadas em prática imediatamente
Mais do que alicerce para os resultados da empresa, a implementação do treinamento e desenvolvimento de pessoas promove engajamento, motivação e, principalmente, retenção de talentos, bem como:
promove mudanças e molda atitudes;
os trabalhadores adquirem aptidão para lidar com a modernização da companhia;
as informações são passadas adiante de forma dinâmica e eficiente;
reduz custos na busca por objetivos empresariais;
melhora a produtividade;
maximiza o aproveitamento das aptidões;
eleva a eficiência dos processos;
otimiza o tempo;
aumenta a motivação;
intensifica o engajamento;
diminui a ocorrência de acidentes;
melhora a comunicação entre as áreas.
O desenvolvimento de pessoas é uma troca de experiências que forma profissionais com mais gabarito e, nesse sentido, a entidade que investe em tal ferramenta de gestão está cuidando do seu principal ativo. Esse processo incentiva os colaboradores a mudarem posturas e comportamentos, estabelecerem novas conexões e relacionamentos, e buscarem respostas por conta própria, tanto internamente quanto em outros lugares. O aprimoramento serve ainda para o desenvolvimento de liderança. Assim, os líderes podem multiplicar seus próprios conhecimentos, desenvolvendo novas competências e relacionamentos interpessoais proveitosos. Dessa forma, a organização passa a contar com trabalhadores mais preparados e que conhecem bem a cultura e diretrizes organizacionais, aumentando as chances de promoções dentro da própria unidade, enquanto a necessidade de recrutamento externo diminui.
Um bom programa de desenvolvimento de pessoas também proporciona os seguintes benefícios:
reforça a cultura organizacional;
aumenta o aproveitamento do capital intelectual;
prepara os empregados para serem remanejados;
incentiva a inovação;
promove o crescimento e o desenvolvimento do potencial do indivíduo de forma responsável;
fortalece a autoconfiança;
promove a satisfação e a realização do funcionário, tanto profissional como pessoal;
ajuda a estimular e aprimorar o espírito de liderança;
otimiza a comunicação e o relacionamento interpessoal do time, promovendo engajamento, colaboração e integração de todos os setores;
aumenta o número de cargos de supervisão e gerência à disposição dentro da própria corporação;
melhora a imagem da marca perante o mercado;
aumenta a vantagem competitiva.
Por que investir nesses processos na empresa?
O capital humano das instituições — desde o mais simples operário ao mais alto executivo — tornou-se vital para o sucesso e a sobrevivência em um mundo de economia globalizada e instável. Ele é o grande diferencial competitivo das entidades bem-sucedidas. Para garantir os melhores resultados, as organizações precisam de funcionários experientes, ágeis, empreendedores, com ideias inovadoras e dispostos a assumir riscos. São eles que, efetivamente, fazem a teoria se tornar prática e, para conseguir isso, é imprescindível investir em treinamento e desenvolvimento de pessoas.
Por isso, a gestão de pessoas deve criar condições para a formação profissional, permitindo que seus colaboradores possam avaliar o seu poder de contribuição no trabalho e conciliar suas expectativas com as da companhia de forma dinâmica. Os processos de treinamento e desenvolvimento de pessoas são ferramentas utilizadas na gestão do capital humano para reter e desenvolver os talentos nas organizações, lembrando que:
o conhecimento origina e reside na cabeça dos indivíduos;
o conhecimento somente é compartilhado mediante confiança;
é preciso estimular e recompensar o compartilhamento do conhecimento;
a tecnologia promove novos comportamentos vinculados ao conhecimento;
o conhecimento é criativo e precisa ter seu desenvolvimento estimulado de diversas maneiras;
toda iniciativa relacionada ao conhecimento deve começar com um projeto-piloto;
análises quantitativas e qualitativas são fundamentais para avaliar qualquer iniciativa;
o suporte da liderança e os recursos são primordiais.
O principal objetivo das empresas é inovar e gerar conhecimento — seja em forma de novos produtos é melhor empregado quando os indivíduos dedicam a maior parte do tempo e do talento às atividades que resultam em inovação.
Para definir quais competências precisam ser desenvolvidas em um processo de treinamento, utilize ferramentas de análise de trabalhadores, como:
avaliação 180º — serve para identificar os comportamentos, conhecimentos e habilidades que podem ser otimizados em cada membro das equipes;
avaliação 360º — serve para entender as competências que precisam ser desenvolvidas em cada empregado, porém, de uma forma muito mais abrangente do que a primeira;
relatório de desempenho — ajuda a analisar se os resultados estão sendo entregues na frequência e qualidade desejada. Caso não, é sinal de que algo está errado e que precisa de ajustes;
observação diária — é necessário estar atento às evidências diárias, por exemplo, o excesso de atrasos e faltas ou o surgimento de reclamações no SAC.

 

Pesquisar no site

Contato

FF Consult ® Consultoria & Gestão Empresarial
Operações Estruturadas
Soluções Estratégicas
Aporte de Capital & Giro
Business Plan & Valuation
Funding: Empresas & Projetos
Viabilização de Negócios
Gestão de Risco & Ativos
Análise de Investimentos
Gestão de Energia
Geração Energética
Eficiência Energética
Usinas de Geração

SP-Brasil (capital e interior)
Atendimento: Território Nacional
Setores: Público, Privado e PPP

Operações Financeiras:
Estruturadas: R$ 5 milhões+
Project Finance: R$ 10 milhões+
Phone #5511# 4025.3878